->Diário de bordo 12 ( o derradeiro)

Araraquara, cidade dos Martinez Correa. Faz pouco tempo que o Zé Celso se reconciliou com a cidade. Realmente deve ter sido difícil para ele. Com o tempo e a maturidade, as coisas parece que vão se tornando mais flexíveis. A cidade é bonita, tem praças bem cuidadas, com aquela organização e limpeza típicas das cidades […]

3 Comentários »

--x--

->Diário de bordo 11

Apresentamos sob frio intenso em Lavras. Acho que foi nossa primeira peça representada literalmente em cima de uma ponte. O lugar escolhido trazia algumas dificuldades, a principal porque o cenário simplesmente fechava a circulação das pessoas de um lado para o outro da ponte. Qualquer deslize nas pernas-de-pau ou com os andaimes poderia significar uma queda no […]

5 Comentários »

--x--

->Diário de bordo 10

Mais uma apresentação de “Um Homem é um homem” para mais de dois mil espectadores. Dessa vez foi em Varginha, na praça do ET. A praça, que na verdade se chama Getúlio Vargas, ganhou duas estátuas do alienígena, de gosto bastante duvidoso. É incrível como tanta gente se dispôs a sair de casa numa noite […]

3 Comentários »

--x--

->Diário de bordo 9

Espetáculo lotado em Alfenas, mais de mil e quinhentas pessoas se acotovelando na praça, que acabou ficando pequena. Quase que sucumbimos a problemas técnicos. Os microfones sem fio estão com as antenas com o plástico ressecado e dando mau contacto. É a velha armadilha da tecnologia, que quando funciona bem, é uma maravilha, mas quando […]

4 Comentários »

--x--

->Diário de bordo 8

Chegamos à cidade de Alfenas. Duas horas e meia de viagem de Poços para percorrer pouco mais de 100 quilômetros. A estrada está péssima, toda esburacada. No caminho, belíssimas fazendas e uma enorme quantidade de plantações de café. A cidade é simpática, cheia de universitários. São mais ou menos 70 mil habitantes acrescidos de uns […]

3 Comentários »

--x--

->Diário de bordo 7

Fechamos a temporada de fim de semana em Poços de Caldas. Dois epetáculos com lotação esgotada. Algumas pessoas de Muzambinho, Andradas, grupos de teatro de Poços. A turma da cia de Belas nos recepcionando com muito carinho. É incrível como a temática do “Pequenos Milagres” atinge em cheio as pessoas do interior. Ao final, aplausos […]

2 Comentários »

--x--

->Diário de Bordo 6

Estamos em Poços de Caldas. Uma pequena pausa na maratona de viagens. Tempo para montar “Pequenos Milagres” no aconchegante teatro da Urca. A cidade mantêm seu astral de simpatia, com as lojas de malharia, os cristais, cafés e restaurantes agradáveis e uma montanha de turistas, a grande maioria de paulistas da terceira idade. Ontem fui […]

Nenhum Comentário »

--x--

->Diário de bordo 5

Dia cheio em Carandaí. Depois de uma viagem de três horas e meia, chegamos à cidade provavelmente mais complicada da turnê. Isso pela total ausência de qualquer  tradicão  cultural. Para se ter uma idéia do problema, nunca veio uma peça de teatro por aqui. Algumas pessoas conhecem teatro de ter visto em Barbacena, Ouro Branco ou Conselheiro Lafaiete. […]

28 Comentários »

--x--

->Diário de bordo 4

Despedida de Cataguases com uma rápida visita à casa da pintora Nanzita, ciceroneada pela presença de seu marido Cairu. Nanzita morreu há quase dois anos atrás e deixou uma obra bastante grande. A casa é um primor do modernismo brasileiro, concebida pelo arquiteto Francisco Bologna, que tem uma série de construções na cidade.Além da obra […]

3 Comentários »

--x--

->Diário de bordo 3

Dia de apresentação em Cataguases. A comunidade nos recebeu de braços abertos. Organizada pela fundação Simão José Silva, coordenada pela sua filha, Andreia, tivemos um encontro com os artistas da cidade, falando sobre a experiência de quase vinte e seis anos do Galpão e também ouvindo sobre o trabalho e as dificuldades dos grupos locais. A […]

3 Comentários »

--x--