Close
Exit


Paulo André

Nasceu em Itabirito, Minas Gerais, em 24 de fevereiro de 1963. Aos 14 anos, dividiu seu tempo entre a terra natal e Belo Horizonte, onde ingressou no segundo grau e no curso técnico de Patologia Clínica da Utramig. No início de 1983, cursa a Oficina de Teatro de Pedro Paulo Cava, em Belo Horizonte. Em 1991, estreia “Dois Idiotas Assentados Cada Qual no Seu Barril”, com texto de Ruth Rocha e direção de Kalluh Araújo. Fracasso de público, mas sucesso de crítica, a peça lhe rendeu o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte. Em abril de 1994, foi convidado pelo Grupo Galpão para fazer a assistência de direção na montagem de “A Rua da Amargura”, mas Gabriel Villela o convocou imediatamente para o elenco do espetáculo. Desde então integra o grupo, tendo participado de várias montagens não apenas como ator, mas também na assistência de direção e figurino. No cinema fez “A Fronteira”, de Rafael Conde (2006), “Tricoteios”, curta-metragem dirigido por Eduardo Moreira e Rodolfo Magalhães (2007), “Moscou”, de Eduardo Coutinho (2009), “O Homem das Multidões”, de Marcelo Gomes e Cao Guimarães (2013) e “Joaquim”, de Marcelo Gomes (2017).

Go top